domingo, 26 de outubro de 2008

Da arte de refletir sobre si e em busca de si

Nos últimos anos, ao passar de cada aniversário eu sempre estranhava minha nova idade. Incrível como até hoje não me acostumei com os 21, nem com os 20, ou com os 19, tampouco com os 18, 17 e 16.
Nesse tempo todo, também sempre achei estranho que nunca tenha tido nada com ninguém, e sempre [SEMPRE] tenha gostado das pessoas erradas. Clube dos Amantes Platônicos - Membro por excelência. Um terror que me prendeu por toda a adolescência e, putz, como me fez sofrer! Hoje eu vejo que ainda estou preso no mesmo monte de merda, com a diferença de que já não mais me fede tanto. Ou algo assim. Eu me sinto bem mais maduro hoje do que já fui em qualquer tempo dessa vida minha, mas maduro o suficiente pra admitir que - nossa - tem tanto ainda pra eu crescer!
Então, com as cirscunstâncias eu começo a pensar sobre as razões de todo esse drama, a fim de encontrar qualquer explicação que me dê um norte. Uns dias atrás comecei a achar certas coisas um tanto conclusivas.
Começo a pensar que eu, logo eu que já amei tanta gente, no fundo não sei gostar das pessoas. Eu não sei... em algum ponto da vida eu aprendi errado a gostar, e passei todo esse tempo gostando torto. De alguma forma, eu me convenci disso e percebi que enquanto eu não aprender a gostar de verdade das pessoas, gostar sem egoísmos, sem ilusões, superestimas, ansiedades nem falsas esperanças, eu preciso parar de tentar.
Eu preciso parar de tentar.
Ou isso ou vou continuar dando murro em ponta de faca. Já passei tanto tempo me martirizando, me cobrando, me frustrando, me julgando, que começo a pensar que, a essa altura, parar de tentar gostar das pessoas, me atentar a outras coisas e manter um foco positivo pode ser o começo para um verdadeiro amadurecimento; pra eu sair dos 15 e chegar aos 21 de fato.
Ou não. Mas eu tenho que tentar. Continuar assim tem sido danoso demais, e o meu tempo ótimo vai se esvaecendo.
Minha mente está presa em algum momento incógnito do passado e eu tenho que resolver isso. Gosh, eu preciso de um psicólogo com urgência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© 2008-2017 wando joe [ from joe ]