sábado, 25 de dezembro de 2010

Construída sobre rocha

Eu não tenho envolvimento com datas comemorativas, a não ser o apreço pelos feriados que elas criam. Não sou uma pessoa do natal, nem de qualquer outra data especial que envolva a reunião de várias pessoas - principalmente se for da família.

No caso específico da minha vida, família é uma coisa que funciona pros outros. E eu sinto um prazer particular em observar famílias complicadas e disfuncionais em filmes e seriados; adoro quando os membros dessas famílias, do alto de suas discordâncias, mantém aquela charmosa harmonia que conserva a saúde de suas relações.

Filmes com temática natalina, no geral eu não curto. Um deles, porém, conquistou meu maior carinho: Tudo em família (The family Stone). Atuações orgânicas, roteiro divertido, personagens cheios de tipos. Uma família construída na diversidade com a tradição de se encontrar na casa da mãe para celebrar o natal. Neste ano, o Dermot Mulroney vai trazer para a festa sua namorada Sarah Jessica Parker, uma mulher esforçada em conquistar o gosto da família, mas que só dá bola fora. Os amores se entortam ao longo do feriado, em meio a incidentes típicos de vida real. Rachel McAdams me faz rir e chorar por todo o filme; Luke Wilson encanta e Diane Keaton conforta. Uma família bagunçada e cheia do drama, mas forte como pedra, são os Stone.


Tenho o DVD, mas achei pra download no Telona.org com dual audio.


Feliz filme!

4 comentários:

  1. Concordo 100%, Joe, gosto dos feriados, Natal e Ano Novo não tem qualquer sentido para mim.
    Sem falar do consumismo irracional que se instala nessa época...

    Vou baixar o filme e conhecer os Stones.

    Que bom ler um texo seu novamente.

    Daniel de Brasília

    ResponderExcluir
  2. Engraçado. eu também tenho essa simpatia por famílias disfuncionais em séries e seriados. Sei lá, me dá uma empatia muito grande.

    Agora, filmes natalinos... qualquer coisa que tenha um jingle de Natal me dá imediatos calafrios. Se tiver lição de moral então, tenho que me retirar do recinto para não ter um choque glicêmico.

    Um beijo Joe! Natal pra você (sem o feliz. É tradição desejar o natal assim para quem não gosta dele por essas bandas hahaha)!

    ResponderExcluir
  3. Baixei e vou assistir ...

    Qto a festas e comemorações ... assino em baixo de suas considerações ...

    ;-)

    ResponderExcluir
  4. feliz 2011, feliz natal e ótima escolha de filme. muito bom.

    ResponderExcluir

© 2008-2017 wando joe [ from joe ]