sábado, 28 de fevereiro de 2009

Da arte de zZzZzZz


Fato: eu amo dormir.
Passado o terror da adolescência, eu desenvolvi uma relação com o sono que consiste em fazer dele minha via de escape das adversidades do mundo, ou algo assim. Não é muito maduro, eu sei. Mas foram várias as vezes em que eu simplesmente fui dormir pra não ter que, enfim, estar acordado, e lidar com o que quer que eu tivesse que lidar. E sonhar é tão bom, não é? Algumas vezes eu desejei poder dormir por dias seguidos, ininterruptamente, esperando que tudo se resolvesse enquanto eu vagava em outro mundo, alheio a todo o resto.

É. Eu amo dormir. Mas a verdade é que se eu não tivesse que acordar, talvez nunca fosse capaz de compreender o prazer que há em dormir. Tanta coisa na vida é assim, por pura falta de referencial. Saber que eu preciso acordar é o que deve ser o motivo de apreciar tanto minhas horas de sono; isso, ao invés de achar que sono é esconderijo. Não há fuga de nada. Todo mundo dorme e todo mundo acorda, eventualmente, e tudo continua no seu lugar. Só o mundo que não dorme.
Nem tudo são sonhos.


Foto by Joseph Hoban

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© 2008-2017 wando joe [ from joe ]